quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Feliz Natal!

Amigos,

Desejo um Feliz Natal para você e sua família. Que você possa compartilhar esta data tão importante, que comemora o nascimento de Cristo, ao lado de sua família e amigos. Desejo que o seu Natal seja cheio de alegria e amor. Forte abraço!

A alegria que Deus nos proporciona

No último domingo, tive a grata alegria de comemorar com os milhares de amigos e familiares mais um aniversário meu. As pessoas que compareceram ao evento representam muito em minha vida, pois estamos juntos realizando sonhos por todo esse Estado. Gente de vários municípios não mediu esforços, se deslocando de grandes distâncias para participar de um momento tão especial em minha vida. Sou grato a todos.

A sintonia foi a marca entre as nossas autoridades políticas presentes no evento. É a certeza de que estamos reforçando os nossos laços de companheirismo que vão permanecer por muito tempo. Temos trabalhado em conjunto com os prefeitos, vereadores, presidentes de partidos, deputados, senadores, todas as autoridades para transformar a vida de nossos amigos e amigas.

A função de um político é cuidar dos interesses da sociedade na administração pública. Para isso, é fundamental a união de todos em prol da população. Tenho defendido, constantemente, as parcerias como a melhor forma de resolver os problemas do povo. A bancada goiana no Congresso Nacional tem atuado em sintonia na defesa de Goiás, e conquistado recursos importantes para os municípios.

Nos últimos anos, ajudamos a trazer mais de R$ 3 bilhões para o Estado, com investimentos na Educação, Saúde, Segurança Pública, Infraestrutura etc. As cidades não têm verba suficiente para atender a demanda da população e precisam da ação dos seus representantes em Brasília.

Exemplos estão por toda parte do trabalho que temos realizado junto com os prefeitos e vereadores nos municípios. Um deles, Senador Canedo, tem se transformado nas últimas gestões, sendo uma referência em administração para todo o Brasil. Fazemos isso pelo carinho e gratidão com todo o povo de Goiás que tem nos dado uma alegria imensurável.

Reforçamos a luta, a disposição de continuar batalhando para o crescimento de Goiás e da nossa gente. A amizade e o companheirismo nos fazem crescer e assim podemos escrever uma eterna história de conquistas.

Que nesta data tão especial, em que as famílias se reúnem para comemorar o nascimento de Jesus, aproveito para desejar aos nossos queridos leitores muita paz. Com esforço e determinação, vamos continuar trabalhando para transformar a vida das pessoas.

Espero que os dias sejam melhores para cada um de vocês, e que a união esteja presente em todos os lares. Não nos entreguemos. Com fé e muito trabalho, somos capazes de realizar os nossos sonhos, e os sonhos da nossa gente. Tenham todos um Feliz Natal.

Sandro Mabel festeja em grande estilo seu aniversário

Festa realizada em Goiânia contou com a presença de políticos e cidadãos de todo o Estado

A festa de aniversário do deputado Sandro Mabel (PMDB), em um clube de pesca no Jardim Primavera em Goiânia, ocorrida no sábado (18/12), serviu para retribuir o apoio que recebeu para sua reeleição a deputado federal, no ano passado. Prefeitos, vereadores, lideranças de bairros e coordenadores de sua campanha aproveitaram o encontro para adiantar acordos de apoio político para as eleições municipais do ano que vem.

No evento, o deputado falou sobre seu projeto para 2012: "Ajudar a eleger os amigos que nos elegeram em 2010, poder participar dessas campanhas no Estado", disse.

Mais de 80 cidades estiveram representadas e um público de mais de quatro mil pessoas passaram pelo tradicional evento, animada inicialmente com Cazuza no som mecânico e depois com duplas sertanejas e violeiros.

No início da tarde o ex-governador Alcides Rodrigues (PP) esteve na festa, quando fez um cumprimento rápido a Mabel, destacando seu perfil empreendedor. O empresário Júnior do Friboi (PSB) também participou do evento. O deputado reafirmou, também, seu compromisso de continuar atuando na Câmara Federal em busca de recursos para desenvolvimento de Goiás.

Fonte: Com informações do jornal O Popular.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Festa de aniversário: Sandro Mabel recebe convidados


Sandro Mabel recebe seus convidados no clube de pesca Lago Verde, no Jardim Primavera, em Goiânia. A expectativa é que mais de cinco mil convidados estejam presentes na festa, que comemora o 53° aniversário do deputado. Famílias, amigos, lideranças, prefeitos e deputados marcam presença na confraternização. Pedro Chaves, Leandro Vilela, Alfredo Soubihe (DNIT) e Vanderlan Cardoso (PMDB) já estão no clube abraçando o colega Sandro Mabel.

Já se apresentaram o cantor Renato Camargo e a orquestra de violeiros de Uruana. Quem se interessar em dividir este momento especial com um dos deputados federais mais atuantes de Goiás, pode passar no evento. Fica na GO-070, saída para Inhumas.

Veja as fotos no Flickr do deputado Sandro Mabel.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Sandro Mabel busca recursos para recuperação do buracão de Novo Gama

O deputado Sandro Mabel esteve reunido com o Coronel Humberto de Azevedo Viana Filho, Secretário Nacional de Defesa Civil, para reiterar o pedido de liberação de R$ 5 milhões para a contenção do buracão de Novo Gama. A obra é emergencial, principalmente com a chegada do período chuvoso, e gera um enorme clima de insegurança nas famílias de um bairro inteiro.

"É uma erosão enorme, que está comendo um bairro inteiro, caindo várias casas. É uma medida super emergencial", afirmou o deputado Sandro Mabel. A expectativa, segundo o parlamentar, é de que os recursos sejam liberados nos próximos dias e a contratação da obra já ocorra no início de 2012.

Durante a reunião, Sandro Mabel também reiterou o pedido para a liberação de recursos que asseguram a reconstrução de pontes, recapeamento asfáltico, recuperação de estruturas abaladas e de estradas rurais para cerca de 20 municípios do interior de Goiás. "Os recursos vão beneficiar milhares de pessoas em todo o Estado", concluiu o deputado.

Abaixo, áudio da entrevista concedida logo após reunião.

Duplicação da BR-060 é realidade

Na última terça-feira, acompanhamos os técnicos do Dnit nacional em uma vistoria nas obras de duplicação da BR-060, entre Goiânia e Jataí. O andamento dos trabalhos foi considerado extremamente satisfatório pelo órgão, o que é motivo de alegria pra todos nós. Estamos demonstrando a capacidade dos goianos em gerir uma obra dessa envergadura. A duplicação da rodovia é a maior em andamento no País e deve ser concluída em 2013, antes do prazo previamente estabelecido.

Até o início de março do próximo ano, vão ser entregues 108,95 km, o que corresponde a 34,45% do total; é mais do que estava programado, 80 km. Tudo isso está sendo possível graças ao esforço do Dnit regional, dos empresários que acreditaram no projeto, da nossa bancada da infraestrutura, da população e da presidente Dilma Rousseff que colocou a obra no PAC. A ela, o nosso reconhecimento pelo carinho que tem tratado o povo de Goiás. Sem o apoio do Governo Federal, o nosso Estado estaria enfrentando problemas ainda maiores.

Somente esse ano, estão sendo investidos R$ 415 milhões na duplicação da BR-060, de um total de R$ 1, 5 bilhão. Como a obra consta do PAC, há a garantia de que não faltarão recursos. Segundo o diretor de infraestrutura do Dnit nacional, Roger Pegas, todo trabalho será feito para que sejam cumpridos os cronogramas definidos.

A duplicação da BR-060 é um antigo sonho que está sendo concretizado. A região Sudoeste, que já tem um papel de destaque na economia do Estado, vai ganhar um novo impulso. A produção vai ser escoada com mais rapidez, reduzindo, inclusive, os custos que encarecem as mercadorias na ponta. A população vai poder trafegar com mais segurança e conforto.

Estamos lutando, também, para a duplicação da BR-153 (Belém-Brasília). A ideia é duplicar, inicialmente, pequenos trechos próximos às cidades, enquanto a nossa bancada da infraestrutura se mobiliza para a inclusão da obra no PAC-3. Há dois anos, batalhamos em cima dos projetos que devem ser concluídos em 2012. Ao avançarmos com a duplicação da BR-060, mostramos ao Governo Federal que temos condições de executar com qualidade e rapidez as obras rodoviárias em Goiás, superando outros Estados. Com a implantação da Ferrovia Norte-Sul, vamos nos tornar uma verdadeira força econômica, com repercussão altamente positiva na qualidade de vida de toda a população.

Sempre entendi a atividade parlamentar como um instrumento altamente significativo para transformação social. O eleitor, ao comparecer às urnas, leva consigo a esperança de uma vida melhor. Ele vota em um candidato na expectativa de que sua rua, bairro, cidade, Estado ou País possa mudar e que o seu futuro ganhe novas perspectivas. Por isso, sinto-me realizado quando participo de ações que estão atendendo os interesses da nossa gente.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Sandro Mabel reúne-se com ministro Edison Lobão e pede agilidade no acordo da CELG

O deputado Sandro Mabel esteve reunido, na manhã de hoje (14), com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. A reunião foi para tratar sobre o acordo da CELG e foi acompanhada também pelos deputados Pedro Chaves e Leandro Vilela.

Para Sandro Mabel, este é um problema que tem afetado muito a economia do Estado e a população goiana anseia pelo desfecho da questão junto ao Governo Federal.

"A bancada está unida, todos trabalhando para que o acordo seja assinado o mais rápido possível e os municípios possam receber os recursos retidos de ICMS", afirmou o parlamentar.

Abaixo, áudio da entrevista concedida logo após reunião.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Bancada federal da infraestrutura recebe diretor geral do Dnit

Deputados vão acompanhar general Jorge Fraxe em vistoria nas obras de duplicação da BR-060. É a primeira visita do diretor a Goiás

O coordenador da bancada federal goiana da infraestrutura, Sandro Mabel (PMDB), e os deputados Rubens Otoni (PT), Jovair Arantes (PTB), Leandro Vilela e Pedro Chaves, do PMDB e Flávia Morais (PDT) recepcionam nesta terça-feira, 13, o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Jorge Fraxe. Respondendo pelas 27 unidades do Dnit desde o mês de agosto, Fraxe vai conhecer as nove frentes de serviço ao longo da rodovia que liga Goiânia a Jataí. A recepção das autoridades goianas ao diretor acontece no Posto Tabocão, às 9 horas, em Goiânia, na saída para Guapó.

De acordo com o deputado federal Sandro Mabel, logo após a visita em Goiânia, o diretor vai conhecer os trechos que estão em fase final de conclusão e que já somam 108 quilômetros aproximadamente. “Trata-se de um recorde em termos de obra rodoviária, pois o Dnit conseguiu concluir um terço da obra em apenas dez meses”, reitera o deputado. Depois de inspecionar os trechos, o diretor-geral do Dnit deve escolher a melhor data para liberar os trechos, o que deve ocorrer logo após o período chuvoso, ou seja, entre fevereiro e março de 2012.

Para o deputado Sandro Mabel o ritmo acelerado das obras de duplicação da BR-060 — ao todo são 300 quilômetros a serem duplicados — é resultado da competência técnica do Dnit Goiás/DF, mas também do trabalho dos deputados da bancada da infraestrutura em Brasília, que conseguiu liberar um terço dos recursos, cerca de R$ 500 milhões. “Conseguimos convencer a presidenta Dilma a incluir esta obra no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e provamos para o Brasil que Goiás é capaz de tocar uma obra dessa envergadura com competência”, reforçou o deputado.

Quando estiver totalmente concluída (o prazo previsto é de três anos), a BR-060 terá pronto o viaduto da Vila Canaã em Goiânia e  mais cinco viadutos que estão em construção ao longo da rodovia.  “A preocupação dos técnicos é de amenizar o conflito entre o pedestre e o veículo no perímetro urbano”, afirma Alfredo Neto, superintendente do órgão em Goiás e DF. A obra  contará ainda com passagens urbanas, passarelas, ruas laterais nos trechos urbanos e mais o Anel Viário de Jataí.

Assunto: Visita do diretor geral do Dnit (nacional), Jorge Fraxe à BR-060 (Goiânia – Jataí)
Data: 13 de dezembro (terça-feira)
Local: Posto Tabocão – Goiânia (saída para Guapó)
Horário: 9 horas

Fonte: Assessoria de imprensa do Dnit/GO.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Mais de um terço da duplicação da BR-060 será entregue em 2012

Acontece na próxima terça-feira, 13, a visita do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Jorge Fraxe, em Goiás. Responsável pelas 27 unidades do Dnit no país, o diretor vem inspecionar as obras de duplicação da BR-060 (Goiânia-Jataí) e marcar a data para a liberação do tráfego dos primeiros trechos para o primeiro trimestre de 2012. O deputado Sandro Mabel acompanhará a visita técnica às obras de duplicação da rodovia.

Fraxe vai percorrer a BR para conhecer os trechos concluídos. Ao todo, são 300 quilômetros de duplicação, obra que deverá estar totalmente concluída no final de 2014 com um custo estimado em R$ 1,5 bilhão, sendo que já foram liberados quase R$ 500 milhões.

O ponto zero da duplicação da BR-060 é o viaduto da Consolação, na Vila Canaã, obra que vai desafogar o trânsito da capital e dar mais segurança aos pedestres. Além da Consolação, mais cinco viadutos estão em construção ao longo da rodovia, que contará ainda com passagens urbanas, passarelas, ruas laterais nos trechos urbanos e também o Anel Viário de Jataí.

“Trata-se de um sonho antigo dos goianos e da maior obra rodoviária em execução no Brasil”, afirma o coordenador da bancada da infraestrutura, deputado Sandro Mabel.

A concretização da obra é resultado de um trabalho conjunto que envolveu poder público e sociedade organizada. O projeto de duplicação da rodovia foi doado pela Federação da Indústria (Fieg), e vem sendo comemorada pela Federação da Agricultura (Faeg) e por entidades do agronegócio pela importância para o escoamento de grãos em Goiás. A obra é parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Sandro Mabel busca recursos para o município de Aurilândia

Foto: Sandro Mabel recebe o prefeito de Aurilândia,
Aguinaldo Júnior, no gabinete em Brasília

O deputado Sandro Mabel tem trabalhado para que o Ministério do Turismo libere R$ 100 mil para a prefeitura de Aurilândia. O recurso será usado para liquidar despesas da Festa da Guariroba, realizada em maio deste ano. A expectativa é que o montante seja pago ainda em 2011.

Sandro Mabel quer levar pólo de confecções para Cidade Ocidental

O deputado Sandro Mabel recebeu na última terça-feira (6), em Brasília, o vereador José Divino (PSD), de Cidade Ocidental (GO), para discutir a construção do pólo de confecções e do campo de futebol no município. As obras foram solicitadas pela população e podem promover renda e diversão para os moradores.

“Afirmo o meu compromisso de buscar recursos financeiros para defender estas obras junto ao governo federal; trabalharei em prol do município”, afirmou Sandro Mabel no encontro. O parlamentar se comprometeu alocar no orçamento de 2012 uma emenda individual para atender as demandas.

Biblioteca nas escolas públicas

No último dia 23, aprovamos na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, da Câmara dos Deputados, uma proposta que julgo extremamente significativa para o País, que é a exigência de instalação de bibliotecas em todas as escolas públicas de educação básica e a presença de bibliotecários com formação de nível superior nesses locais. O texto também determina que o acervo das bibliotecas seja permanentemente atualizado e mantido em local próprio, atraente e acessível com disponibilidade de acesso à internet.

A comissão acolheu o meu relatório que foi para a admissibilidade da proposta prevista no substitutivo da Comissão de Educação e Cultura aos projetos de lei 3044/08, do deputado Sandes Júnior (PP-GO); e 4536/08, do ex-deputado Marcelo Almeida. O texto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB - Lei 9.394/96). Aprovada em caráter conclusivo, a proposta segue para análise do Senado, se não houver recurso para o Plenário.

O substitutivo também estabelece que cada sistema de ensino, de acordo com as condições disponíveis e com as características locais, terá a prerrogativa de organizar o trabalho dos bibliotecários, permitindo o atendimento a mais de uma biblioteca escolar por um mesmo profissional.

De acordo com o texto, os sistemas de ensino da União, dos estados e dos municípios deverão garantir capacitação específica aos bibliotecários para atuar como mediadores entre os alunos e a leitura, de modo a contribuir para a formação efetiva de leitores. A proposta define um prazo de cinco anos para implantação das medidas previstas.

Com mais de 20 anos de vida pública, vejo que muito ainda deve ser mudado para que as nossas instituições possam atender na plenitude os anseios da sociedade, seja o Parlamento, o Judiciário, Ministério Público, os governos em todas as suas esferas, as agremiações partidárias etc. O melhor caminho para que possamos atingir os nossos objetivos é a educação, o conhecimento.

Não queremos que o acesso à informação seja definido pelo poder aquisitivo da sociedade, mas como um direito de toda a população, independentemente de classe social. A leitura é um instrumento importantíssimo no desenvolvimento cultural, científico, político e econômico de um povo, e deve ser praticada como algo essencial para a formação do indivíduo.

A escola tem papel relevante no incentivo à leitura, por isso deve conter em suas instalações bibliotecas e profissionais que possam orientar os alunos, pois esses estão aprendendo muito do que sabem em grupos familiares, de amigos e nos meios de comunicação, quase sempre de uma forma inadequada.

São notórios e constrangedores os problemas que boa parte dos adolescentes tem para expor claramente suas ideias. Em se tratando da escrita, além da deficiência ortográfica, há dificuldades na pontuação, acentuação gráfica, e na própria construção da frase. A maioria não consegue redigir um simples texto, o que é lamentável. Com a instalação de bibliotecas nos estabelecimentos de ensino, os estudantes vão ter o livro como um grande e mais importante aliado para o conhecimento. Queremos que nossas crianças e adolescentes tenham uma oportunidade de saber tudo da forma mais correta possível para que possam ter uma vida mais digna e melhor.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Sandro Mabel acerta com Jorge Fraxe visita técnica às obras de duplicação da BR-060

O deputado Sandro Mabel esteve, na manhã de hoje (6), reunido com o diretor-geral do Dnit, Jorge Ernesto Pinto Fraxe, para conversar sobre o andamento das obras de duplicação da BR-060, atualmente a maior obra rodoviária em execução do PAC no Brasil.

Na reunião, ficou acertada a vinda de Fraxe à Goiás para uma visita técnica na próxima semana - terça-feira (13) -, além da liberação de mais R$ 100 milhões para a continuidade das obras.



Segundo o deputado Sandro Mabel, a duplicação da BR-060 está dentro do cronograma e até março alguns trechos já finalizados serão liberados aos motoristas.

Sandro Mabel defende regulamentação da terceirização


O deputado Sandro Mabel (PMDB-GO) defendeu a regulamentação da terceirização no Brasil durante seminário organizado pelo Jornal Valor Econômico, na tarde desta terça-feira (6), em Brasília.

Autor do Projeto de Lei n. 4330/2004, que busca regulamentar atividade terceirizada, Sandro Mabel afirmou que a regulamentação irá beneficiar as empresas especializadas e punir as intermediadoras de mão de obra. “Ao aprovarmos esta Lei estaremos punindo as empresas intermediadoras de mão de obra, tirando-as de atuação”, explica.

De acordo com o deputado, o PL 4.330, que tramita há sete anos na Câmara, recebeu adequações nas Comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio e de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara. “O projeto recebeu melhorias e aguarda parecer na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania”, explica.

O deputado quer criar mecanismos que permitam às empresas contratantes ter garantias de que as contratadas terceirizadas cumpram as normas legais e obrigações trabalhistas dos funcionários terceirizados. Um desses mecanismos seria a possibilidade de exigir das terceirizadas comprovantes de quitações trabalhistas dos funcionários.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Sandro Mabel profere palestra sobre terceirização

O deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) profere a palestra “Terceirização - Evolução e Marco Legal”, nesta terça-feira (6), em seminário organizado pelo Jornal Valor Econômico.

O parlamentar irá focar suas palavras no Projeto de Lei 4330/2004, de sua autoria, que trata da criação de um marco legal para os terceirizados, em trâmite na Câmara dos Deputados, e a aprovação do substitutivo na Comissão Especial da Câmara, criada para estudar o PL.

O seminário ocorre das 9h às 17h. Sandro Mabel fará sua exposição entre às 13h30 e 14h30. Mais informações sobre o evento no site www.valor.com.br.

Dados do Seminário:
Tema: Terceirização - Evolução e Marco Legal
Data: 06/12/2011
Local: Brasília
Hotel Grand Bittar, Setor Hoteleiro Sul, Quadra 5/Bloco A – Brasília (DF)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Veja no site do deputado Sandro Mabel dicas para controlar gastos neste fim de ano

Já estamos em dezembro e percebemos nas ruas a movimentação do comércio em torno da data natalina. Pensando nisso, a coluna Dicas do Sandrão selecionou algumas dicas para orientar os consumidores quanto às compras de natal e, mais importante, sobre as contas que devem ser levadas em consideração ao se realizar tais gastos. Confira o conteúdo e planeje suas compras.

Tem enquete nova do site do deputado Sandro Mabel

O deputado Sandro Mabel quer saber a sua opinião. Para você, qual é a principal reforma a ser defendida no Congresso Nacional em 2012? Já estamos no final ano e importantes temas não entraram na pauta do legislativo federal, em 2011. Como exemplo, temos as Reformas da Previdência, Política e Trabalhista, sem falar na tão sonhada Reforma Tributária.

O impostômetro está aí para mostrar a importância da discussão deste tema, que pesa diariamente no bolso de todos os brasileiros. Somente neste ano, já foram mais de R$ 1,3 trilhão em tributos pagos pela sociedade. E o número não para de crescer.

Participe da enquete. Sua opinião faz toda a diferença!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Dignidade a todos os trabalhadores

No último dia 23, foi aprovado pela Comissão Especial o parecer do deputado Roberto Santiago ao meu projeto de lei nº 4.330/2004 que trata da regulamentação dos serviços terceirizados no País. Tudo está sendo feito com a participação das entidades envolvidas no processo, democraticamente.

Como membro titular da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) e presidente da Comissão Especial da Regulamentação da Terceirização do Brasil, tenho participado de inúmeras reuniões e palestras sobre o tema, sempre com a ideia de que é possível tornar mais justa a situação dos trabalhadores terceirizados.

O meu principal objetivo é criar leis claras que possam promover a dignidade desses profissionais, que normalmente não têm amparo nas legislações trabalhistas vigentes. Não tenho dúvida em afirmar que a terceirização é uma evolução.

Recentemente, acompanhamos pela imprensa uma investigação profunda contra a marca de roupas e acessórios Zara por envolvimento com exploração de trabalho escravo no País. A notícia teve repercussão internacional e expôs o Brasil para o mundo. É triste reconhecer que esta prática ainda existe, mas precisa ser combatida com veemência. No caso da grife de roupas em São Paulo, famílias de imigrantes sul-americanos sem registro legal foram encontradas em oficinas de costura em condições lamentáveis de trabalho.

Normalmente, essas pessoas são submetidas a um excesso de carga horária, ficam em locais inadequados, são submetidas a humilhações e recebem muito aquém do que deveriam. Muitos faturam em cima da miséria alheia.

Não queremos com o nosso projeto desmobilizar as categorias profissionais existentes, mas tão somente regulamentar a atividade de milhares de trabalhadores que estão atuando de forma precária. É necessário banir os maus empregadores, retirando do mercado aqueles que precarizam a mão de obra, essencial no desenvolvimento do País. Essa é uma realidade que existe é deve ser corrigida com rapidez.

O Brasil, para se modernizar, deve alterar leis que ainda prejudicam o desenvolvimento econômico e social de grande parte dos nossos trabalhadores, que vivem sob custódia dos maus empregadores. Sou contra os “gatos”, pois entendo que a eles só interessa a exploração de uma mão de obra relevante para o País. Temos que fazer com que os trabalhadores terceirizados não comam de marmita debaixo de árvores, enquanto os trabalhadores das empresas se alimentam no restaurante com ar condicionado, decentemente.

O meu projeto de lei vai garantir igualdade de direito para os terceirizados no que diz respeito a transporte, alimentação e assistência médica ambulatorial, quando disponível na empresa tomadora de serviços. Queremos que o trabalhador terceirizado seja tratado da mesma forma que o funcionário de qualquer outra empresa onde estiver atuando.

Aqueles que estão se opondo a este projeto, têm outros interesses que não o de proteger os mais de 30 milhões de trabalhadores terceirizados. Querem, sim, defender arrecadações de seus sindicatos e centrais; querem é proteger os seus bolsos e não a dignidade destes 30 milhões de brasileiros que estão sem uma legislação.

Tornar o Brasil justo é valorizar todos os nossos trabalhadores. É isso que estamos defendo no Congresso Nacional. As necessidades, os sonhos e desejos dos trabalhadores terceirizados não são diferentes do restando do povo brasileiro. Queremos que eles sejam especializados, tenham qualificação profissional e possam viver dignamente para sustentar a si e as suas próprias famílias.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Sandro Mabel reforça pedido de Praça da Juventude em Corumbaíba

O deputado federal Sandro Mabel, do PMDB de Goiás, se reuniu com o ministro do Esporte, nesta semana, para reforçar o pedido de criação de uma Praça da Juventude em Corumbaíba. O projeto do Ministério do Esporte trata da construção de um ginásio poliesportivo coberto, com instalações esportivas e um teatro de arena com palco. Em agosto, o parlamentar conversou com o então ministro Orlando Silva, que havia prometido implantar o projeto na cidade. Sandro Mabel saiu satisfeito da reunião com Aldo Rebelo e acredita que, em breve, Corumbaíba será contemplada com a Praça da Juventude.

“Corumbaíba é uma cidade importante e que tem uma formação de esportes muito grande, com muitos meninos, porque o prefeito é muito dedicado ao esporte. E, nós tínhamos falado com o ministro Orlando, que já tinha deixado mais ou menos acertado uma Praça da Juventude. Nós viemos hoje aqui ver com o ministro Aldo pra confirmar isso, que nos confirmou”, concluiu Sandro Mabel.

De acordo com o deputado, o investimento inicial está orçado em aproximadamente setecentos e cinquenta mil reais.



Fonte: Assessoria de Comunicação do Ministério do Esporte/Natália Borges.

Emendas do deputado Sandro Mabel são empenhadas

O Ministério das Cidades empenhou três emendas do deputado Sandro Mabel (PMDB-GO) ao orçamento de 2011. As cidades beneficiadas são: Buriti de Goiás, R$ 98.200,00; Estrela do Norte, R$ 196.400,00; e Faina, R$ 146.950,00. Os recursos poderão ser aplicados na pavimentação e recapeamento asfáltico.

Outras duas emendas parlamentares foram empenhadas pelo Ministério da Saúde. A prefeitura de Campo Limpo vai receber R$ 200 mil para a ampliação da Unidade Básica de Saúde; e Inaciolândia terá R$ 300 mil para aplicar na ampliação do Hospital Jorge Assad Salles.

Integração Nacional
13 emendas do deputado Sandro Mabel também foram empenhadas pelo Ministério da Integração Nacional. Serão benficiadas com os recursos as cidades: Caldazinha (R$ 140.000,00), Campinaçu (170.000,00), Campo Limpo (R$ 130.000,00), Cidade Ocidental (R$ 200.000,00), Goiandira (R$ 170.000,00), Inaciolândia (R$ 100.000,00), Itapirapuã (R$ 140.000,00), Itauçu (R$ 120.000,00), Jesúpolis (R$ 170.000,00), Petrolina de Goiás (R$ 100.000,00), Portelândia (R$ 100.000,00), São João da Paraúna (R$ 140.000,00) e Urutaí (R$ 100.000,00). Os recursos poderão ser usados na ampliação da infraestrutura dos municípios.

Já o Ministério do Esporte empenhou duas emendas do deputado Sandro Mabel (PMDB-GO): uma para a construção de uma quadra poliesportiva em Acreúna (R$ 195 mil) e outra para a reforma do centro esportivo de Petrolina de Goiás (R$ 100 mil).

Turismo
O Ministério do Turismo empenhou cinco emendas de autoria do deputado Sandro Mabel (PMDB-GO) para municípios goianos.

Buriti de Goiás e Corumbaíba vão receber R$ 100 mil (cada) para utilizar na promoção de eventos esportivos. Já os municípios de Marzagão e Itauçu serão atendidos com emendas de R$146.250,00 para a construção de uma praça e R$ 100 mil para eventos esportivos.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sandro Mabel dá parecer positivo à universalização de bibliotecas em escolas públicas

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou proposta que exige a instalação de bibliotecas em todas as escolas públicas de educação básica e a presença de bibliotecários com formação de nível superior nessas bibliotecas. O texto também determina que o acervo desses locais seja permanentemente atualizado e mantido em local próprio, atraente e acessível, com disponibilidade de acesso à internet.

Aprovada em caráter conclusivo, a proposta segue para análise do Senado, se não houver recurso para o Plenário.

As medidas estão previstas no substitutivo da Comissão de Educação e Cultura aos projetos de lei 3044/08, do deputado Sandes Júnior (PP-GO); e 4536/08, do ex-deputado Marcelo Almeida. O texto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB - Lei 9.394/96). A comissão acolheu o parecer do relator, deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), que julgou a admissibilidade da proposta.

O substitutivo também estabelece que cada sistema de ensino, de acordo com as condições disponíveis e com as características locais, terá a prerrogativa de organizar o trabalho dos bibliotecários, admitido o atendimento a mais de uma biblioteca escolar por um mesmo profissional.

Segundo o texto, os sistemas de ensino da União, dos estados e dos municípios deverão garantir capacitação específica aos bibliotecários para atuar como mediadores entre os alunos e a leitura, de modo a contribuir para a formação efetiva de leitores. A proposta define um prazo de cinco anos para implementação das medidas previstas.

Fonte: Agência Câmara de Notícias/Tiago Miranda.

Sandro Mabel consegue patrulha mecanizada para Morro Agudo de Goiás

O deputado federal Sandro Mabel tem trabalhado firme na defesa dos interesses do povo de Morro Agudo em Brasília. Após solicitação da vice-prefeita Mariuza Fernandes e do vereador Edivânio, Sandro Mabel conseguiu junto ao Ministério da Agricultura R$ 97.500,00 para aquisição de uma patrulha mecanizada. O equipamento será entregue à população no próximo sábado (3).

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Senador Canedo já tem centro de tratamento para dependentes químicos

Recomeço é o nome do novo Centro de Apoio Psicossocial especializado no tratamento de dependentes de álcool e drogas (CAPS ad), inaugurado em Senador Canedo, na última quarta-feira (23). A unidade, segundo o prefeito Túlio Sérvio, representa esperança de recuperação para mais de dois mil moradores da cidade e de suas famílias. O benefício, que é implantado somente em locais com população superior a 70 mil habitantes, consumiu investimentos municipais de aproximadamente R$ 300 mil, sendo, hoje, a quarta unidade dessa ordem em todo o Estado de Goiás. Os outros modelos estão instalados nas cidades de Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia.

Para cerca de 300 pessoas, entre membros da comunidade e autoridades religiosas, do administrativo e do legislativo municipais, o gestor lembrou que o atendimento diário que será desenvolvido na unidade inclui ações dirigidas às famílias, além da reabilitação psicossocial e física dos pacientes, por meio da superação do vício e dos seus consequentes danos. “Esses núcleos familiares também precisam de carinho, de cuidados especiais, pois eles adoecem com o dependente químico. Com esse trabalho, queremos proporcionar reconstrução, retirar essas pessoas das ruas e devolvê-las aos seus lares, à escola, à capacitação profissional, ao emprego”, disse. Túlio Sérvio citou a chegada de novas indústrias a Senador Canedo como ingrediente importante para a absorção da mão-de-obra desses cidadãos que pretendem mudar sua história e recomeçar a vida.

O deputado Sandro Mabel, em função de compromissos no Congresso Nacional, solicitou ao assessor Adriano que pontuasse a parceria administrativa e legislativa na conquista de avanços para as cidades brasileiras. “Com o reconhecimento do esforço de quem atua em prol da sociedade, marcaremos presença nessa cidade para inaugurar outras obras”.

A secretária de Saúde, Gercilene Ferreira, mais conhecida como Branca, ressaltou que o CAPS AD canedense, que possui 490 m² de área, representa um marco nas ações de assistência oferecidas pela rede pública. Antes dessa sexta-feira, o município atendia, de forma isolada, casos de dependência química em suas diversas unidades. Agora, o paciente poderá encontrar todos os recursos necessários ao seu tratamento em um único local.

Ela informou que o núcleo terá capacidade para atender até 45 pessoas por dia e contará com uma equipe multiprofissional, composta por psiquiatra, enfermeiro com formação em saúde mental, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, artesão e pedagogo e outros especialistas. A esse grupo estarão integrados os profissionais de nível médio, como técnicos de enfermagem, administrativos e educacionais, além de artesãos.

De segunda a sexta-feira, das 8 h às 17 h, serão oferecidos atendimentos individuais e em grupo, visitas aos domicílios, atividades comunitárias e procedimentos de desintoxicação. Os pacientes serão assistidos em turnos de quatro ou oito horas, em que receberão refeições diárias. Ainda de acordo com a secretária Branca, o CAPS ad vai oferecer um modelo de atendimento humanizado, com fundamentos na reinserção social e no fortalecimento da autoestima. “Antigamente o único tratamento era feito por meio de internação em clínicas e até em manicômios. A política atual de saúde mental determina que o dependente químico seja reabilitado sem abdicar do convívio com a família e com a sociedade. Essa visão revolucionária tem surtido efeitos muito positivos nas regiões onde foi empregada”, explicou.

Em nome da Câmara Municipal, o vereador José Mascarenhas expor o orgulho do legislativo em participar de um momento de grande realização para o município. “A implantação de políticas públicas para esse tipo de tratamento é uma vitória de cada cidadão canedense”, comemorou e alertou: “na cidade paulista de Piracicaba, 68% dos aposentados usam drogas como maconha, cocaína e crack. Devemos estar atentos para essa realidade, pois não são apenas os jovens que precisam da atenção do poder público”.

Paulo Gontijo, médico com 50 anos de experiência em dependência química que, a pedido do prefeito Túlio Sérvio, vai se juntar à equipe do novo CAPS ad, demonstrou-se encantado com a proposta e assumiu o compromisso de empenhar esforços no sucesso do tratamento e reinserção dos assistidos à sociedade. Ele destacou que o Centro não vai trabalhar com internações, porém vai contar com ambulatório equipado, que ficará à disposição dos atendidos. Para os casos mais graves, caberá à própria equipe especializada realizar o encaminhamento para outras unidades de saúde.

Representando o governador Marconi Perillo e o secretário estadual de Saúde, o assessor Carlos Luz parabenizou a Prefeitura pela iniciativa, qualificando-a como o “recomeço de uma vida”, em alusão ao nome da unidade. Ele reconheceu a seriedade e o comprometimento de cada profissional inserido nesse desafio, acrescentando que, em 2012, o trabalho do município pode ser apoiado pelo Estado com a implantação dos Credeqs (Centros de Recuperação de Dependentes Químicos).

Thiago Jesus Miranda, de 22 anos, há cinco meses se submete a tratamento de desintoxicação e reinserção social na Casa de Recuperação Resgatando Vidas, em Senador Canedo. Observando discursos e as reações do público, ele comenta que o novo CAPS ad traz uma opção consistente a quem só precisa de um convite para abandonar o mundo das drogas. “É muito triste não ter a quem recorrer. Vejo aqui que isso vai mudar e torço muito para que o pessoal da Saúde consiga conquistar muitos pacientes, pois é preciso que eles mesmos busquem o tratamento”.

O evento foi abrilhantado pela participação da “Cia de dança no ar”, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), e pela apresentação de dança com cadeiras de rodas do projeto Reviver, que é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Atenção à Mulher (Semasam).

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Comissão Especial aprova relatório sobre a Terceirização

A Comissão Especial da Terceirização aprovou por 14 votos favoráveis a 2 contrários o relatório ao Projeto de Lei 4330/2004, que regulamenta o trabalho de mais de 10 milhões de terceirizados do país.

O presidente da Comissão Especial, deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), explicou que o parecer foi construído em parceria com os representantes de sindicatos patronais e dos trabalhadores. “Os trabalhadores terceirizados terão segurança jurídica, não ficando a mercê de empresas picaretas que atuam precarizando os serviços. Este relatório é, sem dúvida, um avanço histórico na prestação de serviços”, afirmou Sandro Mabel.

O relator, deputado Roberto Santiago (PSD-SP), que apresentou substitutivo no último dia 19, acatou pedido de vista que adiou a votação. “Buscamos um relatório possível, não é o ideal, o marco legal dos sonhos dos terceirizados, tampouco dos empresários e empregadores, mas o relatório do entendimento nesta que é a Casa dos grandes debates”, concluiu Santiago.

O relatório obriga as contratantes a fiscalizar o recolhimento dos encargos sociais pelas prestadoras de serviços. Se a prestadora não estiver recolhendo corretamente, a contratante pode interromper o pagamento e cumprir com as obrigações trabalhistas. O substitutivo obriga também as contratantes a verificar se as prestadoras cumprem os acordos coletivos.

O texto também proíbe a intermediação da contratação de mão de obra terceirizada e determina que as empresas prestadoras de serviço tenham apenas um objeto em seu contrato social. Segundo o presidente da Comissão, este dispositivo irá tirar do mercado empresas que fornecem mão de obra genérica em diversas áreas, como segurança e limpeza e conservação.

O texto segue para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) e deve ser apreciado pelo relator do PL 4330/2004, deputado Arthur Maia (BA). O texto completo do relator está disponível na página www.camara.gov.br.

A gestão de Padilha é exemplar

Recentemente, participei da cerimônia de lançamento do Programa “Melhor em Casa”, que ampliará o atendimento domiciliar no Sistema Único de Saúde – SUS. Essa é mais uma brilhante ação do ministro da Saúde Alexandre Padilha e do governo da Presidenta Dilma Rousseff.

Pessoas com necessidade de reabilitação motora, idosos, pacientes crônicos sem agravamento ou em situação pós-cirúrgica, por exemplo, terão assistência multiprofissional gratuita em seus lares, com cuidados mais próximos da família. Até 2014, o programa contará com mil equipes de atenção domiciliar atuando em todo o País. O investimento previsto soma R$ 1 bilhão.

Na cerimônia, a presidenta também anunciou medidas para melhorar a gestão e o atendimento em 12 grandes hospitais do SUS. O Programa “SOS Emergências”, que terá seu funcionamento articulado aos demais serviços de urgência e emergência que compõem a “Rede Saúde Toda Hora”, coordenada pelo Ministério da Saúde e executada pelos gestores estaduais e municipais em todo o País, adotará procedimentos como o acolhimento e a classificação de risco dos pacientes.

O Hugo, Hospital de Urgências de Goiânia, está entre as unidades selecionadas pelo Ministério da Saúde. A intenção clara do Governo Federal é apoiar hospitais que atendem grandes demandas emergenciais, melhorando tanto a gestão quanto a qualidade assistencial das unidades.

Logo ao entrar no hospital, o paciente será acolhido por uma equipe que definirá o seu nível de gravidade e o encaminhará ao atendimento específico de que necessita.  Serão organizados a gestão de leitos, o fluxo de internação e a implantação de protocolos clínico-assistenciais e administrativos, além de medidas para proporcionar a adequação da estrutura e do ambiente hospitalar às necessidades de cada paciente.

Essa é considerada uma nova etapa que o SUS vai viver em relação à urgência e emergência, com a disponibilidade de R$ 20 bilhões em investimentos para todas as unidades hospitalares selecionadas. Será priorizado o atendimento às crianças e àqueles casos de extrema gravidade, em que o paciente sofreu infarto ou sente muita dor. O conjunto de ações anunciadas pelo Ministério da Saúde inclui ainda aumento no número de leitos e UTIs (Unidades de Tratamentos Intensivos), compra de equipamentos e treinamentos de médicos e enfermeiros.

Temos que agradecer o empenho do ministro da Saúde Alexandre Padilha em ajudar na solução dos problemas da Saúde em Goiás. No mês de julho passado, o ministro esteve em Goiânia, Senador Canedo e em Aparecida inaugurando obras e fazendo o lançamento de outras. Na capital, o ministro assinou ordem de serviço para a construção da sede própria do Centro de Atendimento Psicossocial (Caps) do Jardim Novo Mundo e deu sinal verde para a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Parque Amendoeiras, também região leste da cidade, entre outros benefícios.

Em um trabalho de parceria com o prefeito Paulo Garcia, Goiânia tem recebido recursos importantes do Governo Federal em todas as áreas, o que é muito bom. A união dos parlamentares tem contribuído para avanços significativos e melhoria na qualidade de vida da população.

Em Senador Canedo, foi inaugurado o maior posto do Programa Saúde da Família (PSF) da cidade, considerado, pelo próprio ministro, um exemplo para todo País. O prefeito Túlio Sérvio segue com a mesma determinação do ex-prefeito Vanderlan Cardoso, e está transformando a cidade em referência no Brasil em saúde pública. Fico feliz por ajudar na busca por recursos federais. Na solenidade de inauguração do PSF, o ministro liberou verba para compra de equipamentos e manutenção da unidade e conheceu, ainda, o canteiro de obras de uma UPA 24 horas que está sendo construída com recursos que conseguimos no Ministério da Saúde.

Em Aparecida de Goiânia, Alexandre Padilha autorizou a construção de cinco Unidades Básicas de Saúde, inclusão do município no  programa Rede Cegonha, além das três UPAS que estão sendo construídas na cidade, em um esforço também do prefeito Maguito Vilela em melhorar o atendimento à população. Por tudo isso, é que considero o ministro da Saúde Alexandre Padilha um grande parceiro de Goiás, pois está sendo sensível aos apelos de melhorar o atendimento à população do nosso Estado.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Comissão Especial da Terceirização realiza audiência com representantes dos trabalhadores

A Comissão Especial destinada a proferir estudos sobre a regulamentação da terceirização se reuniu na tarde de ontem (22) com a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

O objetivo da audiência foi a discussão em torno do relatório do Deputado Roberto Santiago ao PL 4330/2004, de autoria do deputado Sandro Mabel que regulamenta as relações de trabalho terceirizado.

O presidente da Comissão Especial, deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO), espera votar hoje (23) o relatório elaborado por Santiago ao projeto de Lei n. 4330/2004, que aguarda parecer na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).

De autoria do deputado Roberto Santiago (SP), o relatório agrega uma série de obrigações para as empresas tomadoras de serviço e para as terceirizadas, buscando acabar com empresas que precarizam a mão-de-obra no mercado, assegurando meios para as empresas especializadas continuarem atuando no mercado.

Sandro Mabel solicita recursos para obras na BR-060

O coordenador da bancada de infraestrutura, deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), esteve em audiência com o Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, solicitando o valor de R$ 107 milhões para obras emergenciais na duplicação da BR-060, entre Goiânia e Jataí. Os recursos poderão ser aplicados na construção de pontes, meio-fio, calçadas, sinalização de trânsito e passarelas. O Ministro afirmou se empenhar para atender a solicitação da bancada.

Sandro Mabel elogia trabalho do Ministro Padilha e da bancada da Saúde da Câmara dos Deputados

Quero cumprimentar a bancada da saúde, composta, entre muitos outros, pelo Deputado Pepe Vargas, pelo Deputado Perondi, por V.Exa., pelo Deputado Osmar, pessoas que lutam pela saúde todos os dias e por mais recursos. Eu sou fã da bancada da saúde.

Cumprimento também o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que tem feito um trabalho exemplar, mesmo com todas as dificuldades de recursos, e, graças ao trabalho da bancada da saúde, eles estão aumentando a duras penas.

Concordo com muitas coisas feitas, como, por exemplo, com o Saúde em Casa, um programa espetacular. Com ele, o doente sara mais fácil. Quando, em Estados como o meu, o Estado de Goiás, o pessoal pega uma ambulância e leva o doente à capital, o doente não sara fácil, pois ele éinternado em um hospital, ele não tem um acompanhante, a vida dele é difícil ali. Quando o levamos para um pequeno hospital, para um hospital regional, a gente vemos aquele doente melhorar rapidamente, porque os parentes vão lá, visitam, levam bolo, levam biscoito, levam um cafezinho. E aquele doente vai melhorando na sua saúde.

O atendimento em casa é mais importante ainda. Quando as pessoas não podem se deslocar, logo vai o atendimento em casa. Por isso, Ministro Padilha, V.Exa. estáde parabéns, está no caminho certo. É disso que o Brasil precisa, de prestar atendimento em casa, pois esse atendimento o médico faz com carinho. Os médicos gostam mais ainda dos pacientes, porque têm uma relação íntima com eles, e isso faz com que tratem o paciente com mais carinho.

Sr. Presidente, a rede Saúde Toda Hora é também importante. A triagem que está sendo feita, a forma de poder indicar o melhor tratamento, a melhor internação, o que fazer com aquele paciente otimiza os recursos públicos, faz tratar melhor o paciente, pois o médico vai ao ponto que precisa ser tratado.

Por isso, entre tantas outras coisas, como no tratamento de dependentes de crack, o Ministro foi à Cracolândia e lá passou uma noite. Esse, sim, tem sensibilidade e quer resolver. Não é fácil. Saúde não é uma coisa que tem solução, porque, conforme vai melhorando, as pessoas querem mais também.

Acho que estamos no caminho certo. Parabéns, Ministro Padilha. Parabéns a toda a equipe da saúde, parabéns a nossa Presidente Dilma, que soube escalar um médico que tem vontade, disposição e que trabalha 20 horas por dia. Por isso estamos tendo, mesmo diante de todas as dificuldades, uma melhora, pelo menos na visão de uma saúde melhor.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Banda larga popular para o interior de Goiás

O deputado Sandro Mabel reuniu-se na manhã de hoje (22) com representantes da Oi telefonia. No encontro, com o Gerente de Relações Institucionais da Oi, Antônio Pereira, e com o Consultor de Relações Governamentais, Murilo Laranjeira, ficou acertado que doze municípios de Goiás receberão de imediato os serviços da banda larga popular. As cidades beneficiadas são: Santa Tereza de Goiás, Diorama, Campinaçu, Israelândia, Professor Jamil, Novo Planalto, Teresina de Goiás, Mundo Novo, Portelândia, Corumbá de Goiás, Pilar de Goiás e Hidrolina.

A partir de dezembro, uma nova etapa do programa será lançada e contemplará mais 8 municípios. São eles: Castelândia, Formoso, Santo Antônio de Goiás, Santa Fé de Goiás, Doverlândia, Santa Bárbara de Goiás, Montes Claros de Goiás e Nova Veneza.

O serviço de banda larga popular oferece acesso à web com velocidade de 1 mega, pelo valor de R$ 29,90. Os cidadãos interessados em aderir, podem ligar de qualquer aparelho para o número 1057 ou ligar para *144 de uma linha Oi e solicitar a instalação. É a primeira vez que cidades goianas são selecionadas para receber o programa.

"Acredito que o serviço vai democratizar ainda mais a informação para os moradores dessas localidades. Continuarei trabalhando para melhorar a vida de nossa gente", afirmou o deputado Sandro Mabel ao sair da reunião com representantes da Oi.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Uma luta intensa pelo aeroporto

No dia 20 de setembro, estive reunido com o presidente da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), Gustavo do Vale, para dar prosseguimento às discussões sobre a retomada das obras do aeroporto de Goiânia. Foram dezenas de reuniões que nós fizemos, tanto na Infraero, como no Tribunal de Contas da União (TCU) em busca de uma solução para o problema. Essa tem sido uma atuação firme da nossa bancada de infraestrutura na Câmara Federal e dos nossos senadores, como a senadora Lúcia Vânia.

A reunião na Infraero foi extremamente significativa, pois além do compromisso assumido pelo presidente de reiniciar as obras, será elaborado um edital para a ampliação do novo aeroporto, que deve ganhar mais quatro passagens cobertas de embarque e desembarque, totalizando oito. Na ocasião, manifestei minha insatisfação com a construção do “puxadinho”, que foi inaugurado no dia 24 de outubro, no aniversário de Goiânia, pois a nossa capital merece muito mais.

O nosso trabalho é para que sejam retomadas com rapidez as obras do aeroporto, inclusive com as ampliações necessárias. Desde a paralisação das obras, estamos lutando para que se resolva essa pendenga. No ano passado, nos reunimos com o ex-presidente do TCU, Ubiratan Aguiar, juntamente com outros líderes partidários, para cobrar, mais uma vez, posição quanto ao aeroporto da capital.

A minha intervenção foi reproduzida no jornal O Globo daquela época pelo colunista Ilimar Franco: “Um café marcado pelo presidente do Tribunal de Contas da União, Ubiratan Aguiar, com lideranças da Câmara e os ministros do TCU, anteontem, degringolou. Os deputados da base governista atacaram o tribunal devido às suas decisões de paralisação de obras com suspeitas de irregularidades. O mais contundente foi o líder do PR, deputado Sandro Mabel (GO), irritado com a suspensão das obras do aeroporto de Goiânia”.

Logicamente, não estávamos condenando o TCU por investigar suspeita de irregularidade, mas sim a lentidão com que o caso era tratado. Os prejuízos para Goiás com a paralisação das obras do aeroporto são incalculáveis. O exemplo mais claro é o fato da nossa capital não ter sido escolhida como uma das sedes da Copa do Mundo, que com certeza, a atual situação do aeroporto contribuiu sobremaneira para a desclassificação da cidade.

Manifesto minha alegria pela posição do presidente do TCU, ministro Raimundo Carneiro, de afirmar também que as obras do aeroporto podem ser retomadas em breve. Nós estamos buscando há muito tempo um acordo entre a Infraero e o Consórcio Odebrecht/Via Engenharia, responsável pelas obras, que discordavam dos valores a serem pagos pelo que já foi feito.

A construção do novo aeroporto, iniciada em 2005, foi interrompida dois anos depois porque empresas que perderam a licitação entraram na Justiça pedindo a suspensão do processo. Em 2008, quando os trabalhos deveriam ser finalizados, o TCU anulou o contrato de concessão devido suspeita de irregularidade.

O estudo realizado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), apontando o aeroporto de Goiânia como o segundo pior do País na relação entre capacidade e taxa de ocupação, sustenta a nossa luta pela retomada das obras do terminal.

É alarmante a diferença da capacidade operacional do aeroporto de 600 mil passageiros para uma movimentação registrada em 2010 de 2,3 milhões de pessoas. Isso equivale a 391,5% acima de sua condição. É algo inadmissível. A realidade é que todos nós que utilizamos, constantemente, o aeroporto de Goiânia estamos sob riscos.

Temos o compromisso de continuar exigindo a retomada da construção do novo aeroporto por considerá-lo de extremo significado para os goianos. Em todas as esferas de poder, não estamos medindo esforços para solucionar em definitivo essa questão, em um trabalho de parceria com a nossa bancada, sempre atenda às demandas da população.

Nota de pesar

Com pesar, venho mostrar meu profundo sentimento pelo triste acidente envolvendo um ônibus com moradores de Santo Antônio do Descoberto (GO), que ocorreu em Pindamonhangaba (SP), deixando cerca de 30 passageiros feridos e dez mortos.

O triste episódio aconteceu terça-feira (15), por volta das 15h30, de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo. Nem sempre as coisas acontecem como nós desejamos, mas de acordo com a vontade de Deus. Peço a Ele que conforte as famílias neste momento tão difícil.

Sandro Mabel.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Sandro Mabel consegue mais 10 patrulhas mecanizadas

O Governo federal liberou R$ 1,21 milhões destinados à aquisição de 10 patrulhas agrícolas para atender municípios do Estado de Goiás. Os recursos são originados de emendas do deputado Sandro Mabel (PMDO-GO) nos anos de 2008 e 2009, que ainda não tinham sido liquidadas.

Os municípios contemplados são: Buriti de Goiás (R$ 97.500), Crominia (R$ 97.500), Fazenda Nova (R$ 97.500), Gouvelândia (R$ 97.500), Marzagão (R$ 195.000), Morro Agudo (R$ 97.500), Nova Iguaçu (R$ 195.000), Paranaiguara (R$ 97.500), Sanclerlândia (R$ 146.250) e Santa Terezinha de Goiás (R$ 97.500).

Os recursos financeiros já foram depositados pela Caixa Econômica Federal às prefeituras.

Caixa amplia rede de atendimento ao cidadão

O deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) informa que a Caixa Econômica Federal está ampliando sua rede com a utilização de um atendimento inovador: as unidades móveis. As estruturas itinerantes de atendimento funcionam dentro de caminhões e oferecem diversos serviços de uma agência bancária, tais como: abertura de contas correntes e poupança, pagamentos de contas, saques, depósitos, além do pagamento de benefícios e entregas de unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida.

O objetivo é levar os serviços do banco aos cidadãos que moram em localidades onde a instituição ainda não tem agência, além de reforçar o atendimento nos grandes centros urbanos. “Tenho certeza que este serviço vai melhorar o atendimento da instituição e ajudar cidadãos que moram nesses locais carentes dos serviços bancários”, afirma o deputado.

Outra importante ação das Unidades Móveis é atuar em circunstâncias emergenciais específicas, como em Santa Catarina, onde as estruturas foram usadas para atender à população atingida pelas chuvas. As unidades podem também ser utilizadas para pagamento de benefícios do Governo Federal, entregas do Programa Minha Casa Minha Vida e eventos dos quais o banco participe.

As unidades móveis possuem toda a logística e infraestrutura necessárias para atender o cliente com comodidade: acessibilidade por elevador, ar condicionado, energia, água, iluminação etc. As unidades somente realizam atendimentos e negócios quando estacionadas. Assim, não operam em movimento e não transportam valores. São estruturadas em dois modelos diferentes: um modelo do tipo veículo semi-reboque (carreta) e um modelo do tipo veículo reboque (caminhão).

Com Informações da Assessoria da Caixa Econômica Federal.

A bancada de Goiás é unida

Na última segunda-feira, estive presente em uma reunião na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), promovida pelo Fórum Empresarial, para discutir investimentos da União no Estado. Como empresário, sinto também as mesmas angústias manifestadas pelo segmento, que luta de forma incansável pelo crescimento econômico e social de nossa gente. A indústria e o comércio são responsáveis por gerar emprego e renda, tendo, portanto, um papel relevante no desenvolvimento de Goiás e do País.

Desde a época de deputado estadual, quando trabalhamos para a implantação do Fomentar, programa pioneiro de incentivo à industrialização, tenho manifestado a necessidade de união da nossa bancada em prol da melhoria da qualidade de vida da população. E posso afirmar com toda convicção: temos uma das melhores bancadas de deputados e senadores do Congresso Nacional. Defendemos, conjuntamente, os recursos para Goiás.

Nos últimos anos, ajudamos a trazer mais de R$ 3 bilhões para o Estado, com recursos aplicados em construção de hospitais, postos de saúde, escolas, duplicação e recuperação de rodovias federais, ferrovia etc. A duplicação da BR-060, entre Goiânia e Jataí, é considerada a obra rodoviária em execução mais importante do País e contou com o apoio dos empresários, que elaboraram o projeto, e da união da nossa bancada de infraestrutura. Estamos, também, concluindo a duplicação da BR-153, de Goiânia a Itumbiara e trabalhando nos projetos para a duplicação da Belém-Brasília, a partir de Anápolis, entre outras obras significativas para Goiás. 

A Ferrovia Norte-Sul, prevista para ser inaugurada no próximo ano, vai impulsionar a economia goiana. Estamos, inclusive, elaborando um projeto para que toda soja produzida em Goiás e em estados vizinhos seja beneficiada aqui. Pátios da ferrovia estão em áreas ampliadas que podem receber indústrias de beneficiamento, o que vai gerar emprego e agregar valor ao nosso produto.

A retomada das obras do aeroporto de Goiânia também é uma preocupação nossa. Em recente reunião na Infraero, nos foi dada a garantia de que em pouco tempo os serviços vão ser reiniciados, inclusive com a ampliação do projeto atual que já se encontra defasado.

A situação da Celg, assunto altamente levantado pelos empresários, merece atenção especial. Sabemos o quanto tem prejudicado os investimentos no Estado. Lamentavelmente, o acordo com o Governo Federal deveria ter sido fechado no ano passado. Trabalhamos para que ele seja concluído por entender que a sociedade e o setor produtivo não podem ficar prejudicados.

Todas as demandas dos empresários têm o nosso apoio, pois são justas e visam o crescimento de Goiás. Essa também é nossa luta. Como relator da criação da Sudeco na Câmara Federal, vejo que o desenvolvimento da região deve ser integrado para que o Centro-Oeste seja cada vez mais forte. Queremos mais para a população e o setor produtivo. Além de obras significativas que temos conseguido para o Estado, estamos lutando por uma reforma tributária que baixe impostos, que reduza a burocracia e que torne as nossas empresas competitivas. Essa é a melhor forma de apoiar e valorizar um segmento que tem ajudado a construir Goiás e o Brasil.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Audiência discute a desindustrialização do País

Sandro Mabel esteve com o ministro da Defesa, Celso Amorim, e conversou sobre a desindustrialização do País. O Deputado afirmou, durante a audiência, que o Brasil passa por uma forte desindustrialização, fruto da alta carga tributária incidente sobre os produtos e as empresas. 

“A indústria da defesa necessita de medidas para a ampliação e também para se desenvolver mais. O nosso sistema tributário precisa ser atualizado, a alta carga tributária do País, também incidente sobre a folha de pagamento das empresas, acabam não permitindo o desenvolvimento”, explicou o parlamentar.

O encontro ocorreu, ontem (8), no Ministério da Defesa.

Comissão Especial presidida por Sandro Mabel realiza audiência com as Centrais Sindicais

Continuam as discussões em torno da regulamentação do trabalho terceirizado na Câmara dos Deputados. A Comissão Especial destinada a proferir estudos sobre a terceirização se reuniu, ontem (8), com a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

O objetivo da audiência foi encontrar acordo para três pontos divergentes sobre o assunto, como a atividade meio e fim na produção, a solidariedade das empresas prestadoras e tomadoras de trabalho terceirizado e a comunicação sindical. 

O presidente da comissão especial, deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO), espera levar à votação o relatório do PL 4330/2004, que trata da regulamentação da terceirização, no dia 23 de novembro. 

De autoria do deputado Roberto Santiago (SP), o relatório agrega uma série de obrigações para as empresas tomadoras de serviço e para as terceirizadas, buscando acabar com empresas que precarizam a mão-de-obra no mercado, assegurando meios para as empresas especializadas continuarem atuando no mercado.

Reunião discute projetos importantes para a indústria brasileira

O deputado Sandro Mabel (PMD-GO) participou, ontem (8), de audiência da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) que apreciou cerca de dez Projetos de Lei que possuem relevância para as indústrias e para o fortalecimento do mercado brasileiro. A reunião foi acompanhada por uma comitiva de empresários do segmento.

“Solicitamos ao presidente, o deputado João Paulo Cunha, que coloque em apreciação estes projetos e tivemos a certeza de que até o fim deste ano, alguns serão colocados em votação”., afirmou Sandro Mabel.

A reunião, que ocorreu no plenário cinco da Câmara Federal, contou com a presença do Presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, e do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG), Paulo Afonso.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Programa vai incentivar beneficiamento

Goiás ganhará um programa de incentivo visando a exportação zero de grãos sem beneficiamento. A informação foi dada ontem pelo deputado federal Sandro Mabel (PMDB), durante o Fórum Estadual das Entidades Empresariais e o Fórum da Engenharia Goiana. Além de incentivar o beneficiamento da soja goiana no Estado, a meta é trazer o grão de grandes regiões produtoras no Centro-Oeste, como Sorriso (MT), para industrialização em Goiás.

Sandro Mabel explicou que o projeto está sendo desenvolvido em parceria com a Secretaria da Indústria e Comércio (SIC) e grandes produtores de óleo, e prevê uma desoneração de impostos municipais, estaduais e federais. O objetivo, segundo ele, é retirar toda carga tributária que impede a venda do produto já acabado para fazer de Goiás uma estação de processamento de todos os grãos.

O objetivo é parar de exportar grãos e passar a exportar o farelo e o óleo. "Goiás e o Centro-Oeste seriam não apenas o celeiro da produção, mas também o grande industrializador", destaca. Ele explica que ainda é o começo de um trabalho que deve produzir resultados já no próximo ano.

Passo
O primeiro passo é estabelecer com os produtores de soja qual a desoneração necessária. A Associação Nacional de Produtores de Óleo de Soja já está levantando toda a necessidade de desoneração. Segundo Sandro Mabel, a Secretaria de Indústria e Comércio vai determinar o que caberia ao Estado nessa desoneração.

O próximo passo será buscar o governo federal, mostrando o envolvimento do Estado, e a necessidade dele também desonerar sua parte no bolo para elevar a competitividade do produto brasileiro. Como a expectativa é beneficiar soja de outros Estados, segundo o deputado, os pátios das ferrovias foram ampliados e estão sendo feitas ligações através de BRs para facilitar o escoamento da produção regional.

Fonte: O Popular.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Sandro Mabel participa de evento na Fieg

O deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO), líder da bancada goiana da infraestrutura na Câmara Federal, participou nesta segunda-feira (7) de um evento na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) para discutir a liberação de recursos da União. Os empresários solicitaram aos parlamentares goianos o empenho na conclusão de algumas obras, como a Estação de Tratamento de Água da capital, o anel viário Leste-Oeste, a implantação do VLT, Veículo Leve sobre Trilhos, no eixo Norte-Sul e a conclusão do aeroporto da cidade.

Sandro Mabel afirmou que a bancada goiana é uma das mais unidas no Congresso Nacional e se colocou a disposição para continuar lutando pelas obras no Estado. “Estamos conseguindo recursos importantes para Goiás e vamos conseguir muito mais ainda, pois a nossa bancada trabalha de forma conjunta”, ressaltou. O deputado citou algumas obras que estão em andamento, dentre elas a duplicação da BR-060, de Goiânia a Jataí, a Ferrovia Norte-Sul e a recuperação das estradas federais no Estado.

O deputado disse ainda que nos últimos anos, já ajudou a trazer mais de R$ 3 bilhões de recursos para Goiás investir em hospitais, construção de casas, postos de saúde, escolas e rodovias federais. Sobre o aeroporto de Goiânia, Sandro Mabel afirmou que há um compromisso da Infraero em retomar as obras e que está sendo feita uma alteração no projeto para que ele seja ampliado. O deputado sugeriu a realização, com mais frequência, de encontros do setor empresarial com a classe política para discutir investimentos em Goiás.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Esforço conjunto na recuperação dos detentos

Tenho acompanhado a situação do sistema carcerário no Brasil, especialmente em Goiás. De fato, é lamentável a realidade vivida pelos detentos. A preocupação não se limita à forma com que estão sendo tratados os presos, mas os graves reflexos que isso trás para a sociedade.

É bom ressaltar que esse não é um problema apenas no nosso Estado. Deve haver a união de todos na busca por uma solução. Os governos precisam definir, em conjunto, medidas que possam amenizar a crise. Estou empenhado na busca por melhorias nos presídios e cadeias, apresentando projetos e cobrando mais recursos.

O presidiário que não é recuperado torna-se risco maior para a população, pois estará solto e convivendo com a sociedade de bem. Não é à toa que mais de 70% dos detentos que saem dos presídios, voltam em função da participação em outros delitos.

Esta semana, reportagem publicada no Diário da Manhã repercutiu a vistoria da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil em Goiás (OAB-GO), nas delegacias especializadas da capital. Mais uma vez, foi constatada a superlotação nas cadeias. Com capacidade para 120 presos, abrigavam 363.

De acordo com informações, existem pessoas encarceradas há mais de 50 dias, tempo muito superior à obrigatoriedade de se concluir um inquérito, que é de 10 dias. Lastimável, também, o que acontece com outras cadeias em todo Estado e, principalmente, na Casa de Prisão Provisória (CPP) e no antigo Cepaigo.

Reconhecemos que os recursos orçamentários não são suficientes para suprir as necessidades de investimentos no sistema prisional, por isso é preciso mudar a forma de administrar esse modelo, considerado falido.

Projetos de minha autoria podem contribuir para amenizar a situação nas cadeias e presídios de todo o País. Uma das medidas é criar o Programa Nacional de Incentivo ao Emprego de Egressos do Sistema Penitenciário (Proesp). A ideia é qualificar a população carcerária para que ela possa se empregar depois de cumprir a pena. Outro projeto propõe a terceirização dos serviços prestados dentro das penitenciárias, como assistência médica, jurídica, psicológica, fornecimento de alimentação, vestuário, limpeza e segurança. O Estado continuaria com o poder de nomear os diretores e o cumprimento da pena.

O modelo já existe com sucesso em outros países, gerando redução dos custos e eficiência na recuperação dos detentos. Precisamos conter a crise no sistema, que é dramática. Mas isso só será possível se atacarmos pontos fundamentais e conhecidos do poder público. Só assim, a população estará mais segura.

Para aliviar a tensão em que vive a sociedade, que clama por segurança, temos que melhorar o atendimento em vários setores, como Educação, Saúde, geração de emprego, mudanças de leis, aparelhamento da justiça, ampliação e modernização dos presídios, entre outras.

A nossa disposição é de lutar em parceria com as nossas autoridades em Goiás para que o sistema carcerário possa funcionar adequadamente, oferecendo oportunidade para a recuperação dos presos e dando mais segurança para a nossa sociedade.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O bom filho à casa torna ...

Lideranças nacionais do PMDB receberam o deputado Sandro Mabel de volta ao partido com grande entusiasmo.

"O PMDB do Brasil abre os braços para abraçá-lo de volta ao partido", Michel Temer.

"Política é a arte de fazer mais e o Sandro traz muitas ações e beneficia muitas pessoas em Goiás com o seu trabalho", Valdir Raupp.

"Posso dizer à Goiás que vocês possuem um dos melhores parlamentares do Brasil", Henrique Alves.

"Companheiro solícito, de todas as horas, que muito me ajudou no trabalho por Goiás", Iris Rezende.

"Sandro é um grande amigo e grande líder no Brasil e no estado de Goiás", Vanderlan Cardoso.

"O Sandro é uma máquina para trabalhar", Maguito Vilela.

"Um novo filiado com a capacidade do Sandro Mabel, e também os outros 4 mil novos filiados, fazem o PMDB mais forte do que nunca", Adib Elias.

Assista ao depoimento de cada um deles e conheça um pouco mais do trabalho desenvolvido pelo parlamentar em prol de Goiás e do Brasil. Clique aqui e acesse o nosso canal Youtube.

A terceirização é um avanço

A terceirização dos serviços não é recente. Ocorreu durante a 2ª Guerra Mundial nos Estados Unidos quando as indústrias bélicas precisavam produzir mais e decidiram se concentrar na produção de armas e munições e contratar outras empresas para as atividades meio; repito, atividades meio.

Durante os anos 80, o processo de terceirização adentrou-se às grandes empresas. Aqui no Brasil, a tendência chegou nos anos 90 e se pulverizou por diversos ramos da economia. A maioria das empresas começou a prestar serviços terceirizados em áreas mais simples como serviços gerais ou segurança.

Atualmente, notamos que as empresas de terceirização tendem a se especializar,  prestando serviços de excelência e tornando-se importantes para a economia do País. Podemos exemplificar uma empresa especializada em serviços de informática, que trabalha para outras empresas dando suporte técnico.

Uma empresa especializada em assentar azulejos presta serviços de qualidade para diversas contratantes de forma rápida e eficaz. Podemos classificar como vantagem para estas empresas, pois há maior mobilização para crescimento, já que não existe contrato de exclusividade, a princípio, e também a possibilidade de fazer uma gestão independente e diferente da forma como a contratante atua. E, é claro, sem perder a eficiência do trabalho realizado.

As empresas contratantes de serviços terceirizados não precisam se especializar em atividades que não tem a ver com seu negócio principal; esta é uma grande vantagem. Se bem elaborada, as empresas podem conseguir uma diminuição dos custos com esses contratos, buscando o melhor preço, já que parte dos gastos de manutenção e de pessoal fica com a terceirizada.

Como Presidente da Comissão Especial destinada a promover estudos e proposições voltadas à regulamentação do trabalho terceirizado no Brasil, afirmo que é necessária aprovação de um marco regulatório para estas empresas e para os quase 10 milhões de trabalhadores terceirizados/ especializados.

Em esforço conjunto do relator da Comissão, deputado Roberto Santiago e os demais Membros, conseguimos elaborar em parceria com os sindicatos patronais e dos trabalhadores de todo o País, relatório para o Projeto de Lei 4330/2004, que trata da regulamentação do trabalho terceirizado. O PL aguarda parecer na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), sob a relatoria do deputado baiano, Arthur Maia.

Não consigo entender o real motivo de muitos parlamentares que se dizem estar ao lado do povo e que trabalham para o povo não se preocuparem com aprovação deste Projeto que tramita na Câmara Federal há quase sete anos.

Muitos batem no peito e gritam por aí dizendo que o Projeto não atende as necessidades dos trabalhadores, mas na hora de se debruçarem em prol de ideias e melhorias para o relatório da Comissão Especial, perdem tempo com intrigas e não se esforçavam para aprovar este tão sonhado marco regulatório. Será que realmente esta e a melhor maneira de defender o povo? Trabalhar pelo povo? Eu não consigo entender dessa forma.

O trabalho que busco desenvolver é sempre pensando nas ideias e necessidades dos mais de 148 mil goianos, brasileiros, que confiaram em mim e me concederam o direito de estar aqui, representando-os. Enquanto estes considerados parlamentares, baderneiros, estiverem fazendo arruaças em torno da não aprovação do relatório do deputado Roberto Santiago e também do PL 4330, quero apenas recordá-los de que muitos trabalhadores neste País aguardam ansiosos pela regulamentação da terceirização.

Afirmo, ainda, que o ótimo é inimigo do bom. Isto significa que se quisermos, realmente, conceder segurança jurídica para os terceirizados do País, precisamos aprovar, inicialmente, este Projeto e, posteriormente, caso haja necessidade de ajustes, que apresente novamente para apreciação dos parlamentares. O que nós precisamos é definir a situação dos trabalhadores terceirizados, que têm sonhos e merecem estabilidade no serviço.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Sandro volta ao PMDB sob muitos aplausos e prestígio dos líderes do partido

Muitos militantes do PMDB e dos partidos aliados, receberam SANDRO MABEL de volta ao seu partido de origem. Com 15 parlamentares do PMDB de outros estados presentes no ato público no Atlanta Music Hall em Aparecida de Goiânia, incluindo o líder do partido na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), SANDRO MABEL foi muito aplaudido na festa de retorno ao PMDB.

Paulo Garcia (PT), prefeito de Goiânia, e os dirigentes maiores do PMDB, todos defenderam a união dos partidos para as próximas eleições.

O ato público marcou a volta do deputado federal SANDRO MABEL, que ficou 11 anos fora do PMDB. Muito elogiado por Iris Rezende Machado, Sandro Mabel recebeu as boas vindas do Líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), que disse em seu discurso: "Política não é diminuir nem dividir. É somar. E uma andorinha não faz verão. Temos de estar juntos."

Na entrevista coletiva, SANDRO MABEL, mostrando muita alegria com o retorno ao seu partido de origem, disse que volta ao PMDB para ser um “soldado”. O deputado Sandro Mabel exerce o 4º mandato na Câmara Federal e faz parte da bancada da infraestrutura, sendo um dos responsáveis pela emendas para a construções de rodovias, incluindo a duplicação da BR-060, que é a maior obra rodoviária do PAC em execução no Brasil.